Eu também não aplaudia!

Esta questão do não aplauso e do não cumprimento levanta algumas questões que reflectem a mediocridade mental que por aí grassa. Enquanto as pessoas não perceberem que a coerência política se faz destas coisas, continuarão a aparecer hordas de bárbaros que aprenderam a cartilha do bom comportamento acima de tudo e de todos. Em política é nos locais próprios que se manifesta a discordância e o descontentamento e não é com um aplauso, só porque a situação o sugere, que se apaga todo o mal que cavaco nos fez e se prepara para repetir. A tacanhez mental dos que afirmam que foi uma falta de respeito e uma demonstração de mau perder só reflecte a palidez e o respeitinho serôdio desses senhores. Por outro lado, preparemo-nos para cinco anos de presenças assíduas dos acólitos de Cavaco que depois de ontem vão começar a sair das tocas. “Ai Portugal, Portugal de que é que tu estás à espera?…”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: